Culinária da África do Sul: veja se conhece os principais pratos típicos

A culinária da África do Sul é uma das mais ricas e variadas do mundo, celebrando a diversidade cultural e natural do país. 

Anúncios


Inspirada por povos indígenas, como os zulus, os xhosas e os sothos, e enriquecida por imigrantes de várias partes do mundo, a gastronomia sul-africana é um verdadeiro festival de sabores, aromas e cores. 

Hoje, você vai conhecer alguns dos pratos típicos desse lindo país, que vão desde carnes exóticas até doces deliciosos. 

Não deixe de acompanhar!

culinária da África da Sul

Biltong

Anúncios


O biltong é um dos petiscos mais populares da África do Sul, consumido em qualquer ocasião, seja assistindo a um jogo de rugby, cricket e futebol, seja acompanhando uma cerveja gelada. 

Ele é feito com tiras de carne, geralmente bovina, que são salgadas e secas ao sol ou em fornos especiais. 

Além disso, pode ser temperado com especiarias como pimenta, coentro, alho e vinagre.

Há também versões do biltong feitas com carnes de caça, como javali, avestruz e crocodilo. 

Essa receita  é cortada em pedaços finos e mastigados como um salgadinho. 

Uma variação do biltong é o droewors, que é uma salsicha seca e curada, também muito apreciada pelos sul-africanos.

Culinária da África do Sul: Bobotie

Esse é o prato favorito de personalidades como Nelson Mandela, sendo também considerado o prato nacional do país. 

O bobotie é uma espécie de torta de carne moída, que pode ser bovina ou de cordeiro, temperada com curry e outras especiarias, como canela, cravo, noz-moscada e passas. 

Ele possui uma crosta grossa e dourada, que é fruto de uma mistura de ovos e leite.

Para servir, a sugestão é o arroz branco, além de chutney de frutas, coco ralado e amêndoas. 

A origem desse prato é incerta, mas existe crença muito forte envolvendo-o: acredita-se que ele tenha sido trazido para o país pelos colonizadores holandeses.

No entanto, também acredita-se que os holandeses, por sua vez, teriam aprendido a receita na Indonésia.

Culinária da Nigéria
Culinária da Nigéria
Receitas para conhecer e muito conhecimento
CONTINUAR

Boerewors

Outro prato delicioso e versátil da culinária da África do Sul é o boerewors.

Ele é a salsicha típica desse país, que significa literalmente “salsicha de fazendeiro” em africâner, uma das línguas oficiais dessa região.

O boerewors é feito com carne bovina, misturada com carne de porco ou de cordeiro, e temperada com especiarias como coentro, pimenta, noz-moscada e cravo. 

Na sua montagem, ele é tradicionalmente enrolado em uma espiral e grelhado na brasa, sendo o protagonista do braai, o churrasco sul-africano. 

É possível servi-lo de diferetes maneiras: dentro de um pão, como um cachorro-quente, por exemplo, ou acompanhado de pap, uma polenta feita com farinha de milho ou de sorgo.

Culinária da África do Sul: Bunny Chow

O bunny chow é uma das comidas de rua mais famosas da África do Sul, originária da cidade de Durban, no leste do país. 

Essa receita consiste em um pão inteiro, com o miolo retirado, recheado com curry picante, que pode ser de frango, carne de porco, carneiro ou vegetariano, feito com feijão e lentilha. 

Na hora de degustar essa delícia, não usamos talheres, ou seja, ele é comido com as mãos mesmo, e o próprio pão serve como talher.

O nome do prato vem da palavra “bania”, que era como os indianos eram chamados pelos brancos na época do apartheid. 

Esse prato teria sido criado pelos imigrantes indianos, que trabalhavam nas plantações de cana-de-açúcar, como uma forma de transportar e consumir o curry de forma prática e barata.

Chakalaka

O chakalaka é o acompanhamento mais comum da culinária da África do Sul, presente em quase todas as refeições do país. 

Em suma, consiste em uma salada fria, feita com feijão, vegetais como cebola, tomate, cenoura e repolho, e especiarias como curry, pimenta, gengibre e alho. 

Apesar de ser uma receita simples e acessível, é muito saborosa e versátil

Por exemplo, ele pode ser servido com pap, o mingau de milho ou de sorgo, que é a base da alimentação dos sul-africanos.

Além disso,  ele também pode acompanhar carnes grelhadas, como o boerewors ou o frango peri-peri, que é temperado com uma pasta de pimenta malagueta.

Malva Pudding

O malva pudding é uma das sobremesas mais tradicionais culinária da África do Sul, que tem influência dos colonizadores holandeses. 

Ele é um pudim assado, feito com geleia de damasco, que tem uma textura caramelizada e esponjosa. 

Inclusive, pode, ou deve ser servido quente, de preferência com sorvete, chantilly ou creme de baunilha ao lado. 

O malva pudding é uma sobremesa muito popular nos restaurantes e nos lares sul-africanos, sendo uma ótima opção para os dias frios.

Culinária de África do Sul: Melktert

Outra receita muito apreciada e comum na culinária da África do Sul é o Melktert, que significa “torta de leite” em africâner. 

O prato, nada mais é que  uma torta de massa folhada, recheada com um creme de leite, ovos, açúcar, farinha e baunilha, e polvilhada com canela. 

Culinária do Marrocos
Culinária do Marrocos
Uma viagem por sabores nunca provados
CONTINUAR

Os africanos costumam servi-lo frio ou em temperatura ambiente, sendo uma sobremesa leve e delicada. 

O melktert também tem origem holandesa, mas recebeu adaptação no paladar dos sul-africanos, que gostam de sabores mais doces e suaves.

Conclusão

A culinária da África do Sul é um reflexo da sua história, da sua diversidade e da sua riqueza cultural. 

Como pôde observar na nossa lista, a variedade, versatilidade e riqueza dessas receitas são entusiasmante.

Inclusive, muitas receitas e especiarias já recebem sua apreciação na culinária brasileira. 

Experimentar a culinária da África do Sul é uma forma de conhecer um pouco mais sobre esse país fascinante, que tem muito a oferecer aos seus visitantes.