Risoto de queijo: uma receita simples e fácil de fazer

Se você gosta de queijo, pode continuar lendo essa receita extremamente deliciosa de um risoto de queijo maravilhoso.

O risoto é uma receita que pode ser feita de diferentes formas, com vários ingredientes, mas o que poderia superar o queijo?

risoto de queijo

A origem do risoto

O risoto é a nossa forma abrasileirada de falar “risotto”, uma palavra italiana que significa pequeno arroz.

E como surgiu a muitos e muitos anos atrás, o risoto não tem uma origem concreta e extremamente certa. Mas nós podemos ter ideias de onde ele surgiu.

Por exemplo, alguns acreditam que a receita deve ter surgido por volta do século 16, em Milão, por conta de um erro do mestre Valério de Fiandra, que era responsável pelos vitrais da catedral.

E o que era uma história de ciúmes, e uma intenção de estragar o jantar de casamento da sua filha, Valério jogou açafrão no risoto, e no final, ficou uma delícia, conhecida como Risotto alla Milanese.

No Brasil, ele surgiu na década de 1980, como um acompanhamento feito com as sobras de arroz e o que mais tivesse. Mas com o tempo, virou um prato principal e muito estimado.

Risoto de queijo

Mas agora, deixando para trás a história, vamos ver quais são os ingredientes do risoto de queijo:

  • 3 copos americanos de arroz;
  • 1 cebola picada;
  • Mussarela picada a gosto;
  • Queijo ralado a gosto;
  • 1 colher de chá de açafrão da terra;
  • 2 cubos de caldo de galinha;
  • 1 colher de chá de páprica picante;
  • 4 colheres de sopa de manteiga;
  • 1 e ½ litro de água fervente.

Comece refogando a cebola com 2 colheres de manteiga, até que fique bem douradinha e junte o arroz, açafrão e páprica picante para refogar junto por pelo menos 2 minutos.

Na água fervendo, dissolva o caldo de galinha e acrescente ao arroz de pouquinho a pouquinho.

Cozinhe bem, mas não deixe que a água seque por completo. Quando ele estiver mais cozido, faça um buraco no meio do arroz, coloque o resto de manteiga e o queijo ralado.

Mexa bem para que o queijo incorpore e derreta, assim como a manteiga. Quando estiver mais cremosinho, desligue o fogo e coloque os pedaços de mussarela para derreter mais.

Depois que estiver derretido, desligue o fogo e você poderá servir. Muitas pessoas acabam colocando também bacon e champignon para incrementar.

Este risoto de queijo é cremoso, saboroso e perfeito como prato principal ou acompanhamento.

Além disso, vinho e risoto formam uma combinação clássica e deliciosa, a escolha pode acabar realçando os sabores do risoto, complementando a sua refeição.

Para um risoto de queijo, é mais indicado vinhos brancos encorpados, o mais conhecido é o Chardonnay, e se você prefere o tinto, pode apostar em um Cabernet Sauvignon que também é uma delícia.

Mas são apenas sugestões, você pode beber o que quiser e o que mais agradar o seu paladar.

Aproveite a experiência de saborear um delicioso risoto acompanhado de um bom vinho, e experimente diferentes combinações para descobrir suas preferências pessoais.