Autor(a): Manual da Cozinha / Data de postagem: 25/02/2022

Você já ouviu falar nesse doce? Os famosos Pastéis de Belém que movem seguidores até a sua confeitaria de origem.

tempo-de-preparo-do-bolo-de-milho

Tempo 40 minutos

tempo-de-preparo-do-bolo-de-milho

Rende até 12 fatias

pasteis de belem
Pastéis de Belém

Certamente você irá surpreender qualquer pessoa que provar dessas guloseimas!

Sendo assim, confira abaixo o passo a passo do modo de preparo:

Ingredientes 

Preparo da Massa de Pastéis de Belém

  1. Em primeiro lugar, sobre uma superfície limpa e plana, faça um monte de farinha.
  2. Em seguida, faça um buraco no meio.
  3. Depois disso, coloque uma gema e água para deixar a massa maleável.
  4. Ademais, abra a massa e cubra com 50g de manteiga ou margarina.
  5. Dobre até ter três camadas de massa
  6. Em resumo, faça esse movimento duas vezes colocando a margarina ou manteiga por cima em todas as vezes
  7. Abra a massa novamente 
  8. espalhe a manteiga e enrole como um rocambole
  9. corte o rocambole em um pedaço de 2 centímetros de espessura
  10. Estenda cada rodela no fundo de forminhas pequenas, cobrindo as laterais

Preparo do recheio dos Pastéis de Belém

  1. Primeiramente, coloque maizena, creme de leite, as gemas e metade do açúcar em uma panela
  2. Depois disso, leve ao fogo até ferver
  3. Desligue o fogo
  4. Em seguida, adicione o resto do açúcar.
  5. Além dosso, acrescente algumas gotas de baunilha líquida.
  6. Por último, as raspas de limão.
  7. Mexa bem e deixe ferver novamente.
  8. Desligue e coloque sobre as rodelas da massa.

Por fim

  1. Leve as forminhas ao forno médio e preaquecido
  2. Deixe-as até ficarem sequinhas

Para quem é das massas tira essa de letra. Saiba que, para ficar ainda mais perfeito, você pode servir os pastéis recém saídos do forno e colocar um pouco de canela e açúcar por cima. É perfeitamente acompanhado por um café fresco. É só uma dica, já que eles são deliciosos servidos em qualquer temperatura e de qualquer jeito.


Uma curiosidade sobre os Pastéis de Belem

Da mais conceituada gastronomia de Portugal, os misteriosos Pastéis de Belém. Dentre mitos e modo de preparo sigiloso, a tentativa de descobrir os ingredientes dessa harmônica receita ainda é um dilema para confeiteiros e padeiros mundo afora.

Criado dentro de um mosteiro e vendido para a população, a receita era compartilhada apenas dentro dos conventos até que houve uma revolução liberal e um padre foi trabalhar em um dono de uma refinaria, que descobriu a receita que começou a ser vendida da refinaria, e posteriormente em uma confeitaria. 

Infelizmente, não há como chegar aos pés da renomada receita da antiga confeitaria de Belém, mas nessa vida o que não falta é esperança. Correm boatos por aí que o real segredo é na forma que se faz os pasteizinhos, e não um ingrediente secreto. Então, vem se arriscar nessa receita e deliciar-se com os Pastéis de Belém.

É importante destacar, no entanto, que, apesar de a receita ser restrita e o original vender apenas no seu país de origem. É possível encontrar “réplicas” do doce em algumas confeitarias espalhadas pelo Brasil, tanto que não é novidade para algumas pessoas. Em resumo, o doce ficou muito conhecido e ainda é aclamado inclusive pela culinária atual. Ou seja, ter uma suposta ideia de como seria o Pastél de Belém é de extrema curiosidade mundial.


O que achou da receita? Aposto que ficou com vontade de sair agora em uma jornada em busca dos Pastéis de Belém originais. Mas enquanto não for possível, compartilhe essa receita com quem você acha que vai adorar tirar uma prova desse docinho.

Quer ver mais conteúdos como esse? Leia também👇👇👇