Colorau: o que é e onde usar

Colorau é um condimento natural muito comum em receitas brasileiras. No entanto, além de ter diversos usos, possui uma forma de preparo bem diferente.

Portanto, para descobrir o que é o colorau, como usá-lo entre outros detalhes interessantes sobre o condimento, continue essa leitura até seu final.

colorau

O que é colorau?

Em primeiro lugar, é muito necessário explicar o que é o colorau para então entrar em assuntos mais específicos, principalmente quando se trata receitas com um item tão especial quanto este.

Portanto, do início: o colorau, também conhecido como colorifico ou colorifício, é um condimento em pó feito a partir da moagem de pimentões vermelhos secos. 

Esse tipo de condimento é muito comum na culinária brasileira. Entretanto, ele estará presente em culinárias de outras regiões, como a portuguesa e espanhola.

O colorau é utilizado para dar cor e sabor aos pratos. Portanto é presente em receitas de carnes, peixes, arroz, feijão, sopas e molhos. Além disso, ele é rico em vitaminas A e C, antioxidantes e outros nutrientes importantes para a saúde.

Entretanto, é importante lembrar que, apesar de ser um ingrediente natural, o colorau pode causar reações alérgicas em algumas pessoas, especialmente aquelas que são sensíveis a alimentos picantes. Por isso, é sempre bom ter cuidado ao utilizá-lo na culinária.


De onde vem e como se produz o colorau

O colorau é um condimento de origem americana, mais precisamente das regiões da América Central e do Sul. Ele é produzido a partir de pimentões vermelhos maduros, que são lavados, secos e moídos em um moinho de pedra para produzir um pó fino e vermelho.

Seu processo de produção é relativamente simples: primeiro, os pimentões são colhidos maduros e bem vermelhos. Em seguida, são lavados e deixados secar ao sol para remover o excesso de umidade. 

Agora, os pimentões são moídos em um moinho de pedra, triturando a casca, sementes e produzindo um pó fino de cor vermelho muito forte e intenso.

Contudo, é importante comentar que algumas empresas adicionam sal e outros temperos durante o processo de moagem para criar diferentes misturas de sabores. No entanto, a versão mais comum é feita apenas com pimentões vermelhos moídos.

Após o processo de moagem, o colorau é embalado em recipientes herméticos e armazenado em local seco e fresco para preservar sua qualidade e sabor. O produto é bem popular e você vai encontrar na maioria das lojas de produtos naturais.


Colorau é diferente de urucum

Devido a terem uma semelhança bem clara, urucum e colorau podem ser confundidos. Ambos são utilizados como corantes naturais e possuem um tom avermelhado. Há algumas diferenças entre eles.

Como dito anteriormente, entretanto, o colorau é feito a partir da moagem de vermelhos e tem um sabor mais forte e picante. É bastante utilizado na culinária brasileira, especialmente em pratos como feijão, carne seca, frango ensopado, entre outros.

Contudo, o urucum é extraído das sementes de um arbustos. Chamado de Bixa Orellana e, tem o sabor mais suave que o colorau. É um condimento muito popular para a culinária indígena brasileira, em especial a amazônica.

Além disso, os condimentos possuem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, além de serem fontes de vitaminas e minerais, como a vitamina C e o ferro.


Onde usar?

O colorau é bastante versátil na cozinha e é utilizado de diversas maneiras. Esses são alguns exemplos de preparações:

  • Carne: o colorau é necessário para temperar carnes, em especial a carne seca. Utilizado em marinadas, ensopados, assados e até mesmo em churrascos
  • Feijão: o colorau é um ingrediente tradicional no preparo de feijão, dando sabor e cor ao prato. Basta adicionar uma colher de sopa de colorau durante o cozimento do feijão
  • Molhos: o colorau pode ser necessário em molhos para massas ou para acompanhar carnes e peixes. Ele confere sabor e cor aos molhos, deixando-os mais apetitosos
  • Pratos com arroz: adicionar uma pitada de colorau ao arroz durante o cozimento pode deixar o prato mais colorido e saboroso
  • Legumes: o colorau é necessário para temperar legumes assados; batata-doce, abóbora, cenoura entre outros

Contudo, é importante lembrar que o colorau deve ser utilizado com moderação, em excesso pode deixar o prato muito picante. 


Uma receita

As receitas com colorau são muito diversas como você percebeu ao ler os tópicos anteriores. No entanto, neste tópico você descobrirá uma dica ótima para ser sua opção de uso do colorau: carne de panela com colorau.

Os ingredientes para seu esse prato simples, porém muito gostoso, são:

  • 1kg de carne (coxão mole, patinho, músculo)
  • 2 colheres de sopa de colorau
  • 1 cebola grande picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 tomates picados
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Água quente

Além disso, é importante seguir à risca o modo de preparo que está listado aqui em um passo-a-passo simplificado para se atingir o resultado esperado. Ele é:

Comece cortando a carne em cubinhos de tamanho médio. Em seguida, tempere com sal, com a pimenta e então, com o colorau.

Portanto, agora, em uma panela de pressão, aqueça o óleo e refogue a cebola e o alho até dourar.  Depois, adicione  a carne e doure-a por todos os lados. 

Nesta etapa, acrescente os tomates e refogue por mais alguns minutos. Em seguida, cubra a carne com água quente. Tampe a panela e deixe cozinhar por cerca de 30 minutos em fogo baixo após pegar pressão.

Portanto, após o tempo necessário, verifique se a carne está macia e o molho encorpado. Caso não estejam, deixe cozinhar por mais alguns minutos. Quando atingir o ponto desejado, desligue e sirva-se com arroz e uma salada leve.


Conclusão

Em resumo, o colorau é um tipo de tempero, condimento, usado para aprimorar o sabor e dar uma aparência mais vívida para vários tipos de alimentos. Portanto, vale totalmente a pena experimentar a dica dada de receita no tópico final deste artigo.

Para descobrir mais curiosidades e receitas deliciosas como essa de Pastrami, continue a acessar o conteúdo do Manual da Cozinha.