Pastrami: Receitas

O pastrami é um prato delicioso, no entanto, muito menos conhecido do que deveria ser. O prato é muito saboroso e lembrado pelo gosto agridoce. Entretanto, como é difícil de se fazer, é importante tomar cuidado  e prestar bastante atenção na hora do preparo.

Anúncios

Portanto, para descobrir como fazer um bom pastrami, entre outras coisas, continue essa leitura até o final.

pastrami

O que é Pastrami

Primeiramente, é preciso descobrir o que é Pastrami, para aí então, desenvolver o assunto das melhores receitas desse prato tão interessante e saboroso.

Portanto, do começo: o pastrami é um produto feito de carne bovina – mas a carne de porco, carneiro ou peru, podem ser usadas também. 

A carne é feita, de forma tradicional, com a barriga do animal (a ponta de agulha ou peito de boi), que enquanto crua, é salgada, parcialmente seca e temperada com especiarias e ervas. A preparação termina com a peça de carne defumada e cozida no vapor.

Anúncios

O pastrami foi originalmente criado com a intenção de preservar a carne antes da refrigeração. Seu nome vem do romeno e significa algo como “conservar comida”.

Como fazer Pastrami?

Fazer o pastrami não é algo difícil, no entanto, é importante levar dicas e o passo-a-passo à risca para que dê certo.

Pelo pastrami ser um embutido, utiliza-se o corte de carne bovina (de porco, carneiro ou peru) chamada de peito, em inglês, brisket ou o próprio preto. No entanto, você pode optar por uma área específica, o fim do umbigo do animal, a ponta de agulha ou beef plate.

Com esse corte em específico você obterá o melhor do prato, enquanto a primeira opção, ainda que saborosa, não vai te proporcionar o ápice do sabor.

Um detalhe interessante é a comparação bem prática entre o corte bovino para o pastrami e o corte suíno. Essa ponta de agulha é um corte bem gorduroso o que combina bastante com o bacon do porco, portanto, é uma possível substituição muito coerente.

No entanto, apesar dos cortes de carne que podem ser um pouco mais complicados de encontrar, os ingredientes para o preparo são bem simples. Contudo, a preparação do pastrami é demorada e, aí sim, complicada.

A carne deve passar por três fases de preparação: cura com salmoura, defumação e, por final, do cozimento. 

No começo, enquanto a peça de carne ainda não é curada em salmoura, ela será coberta com uma mistura de especiarias como; alho, coentro, pimenta preta, colorau, cravo, pimenta da jamaica e sementes de mostarda e, então defumada.

Em seguida a carne é cozida até que os tecidos conjuntivos dentro da carne se quebram em uma gelatina.

Receita de Pastrami

receita de pastrami

Agora, se tratando da receita especificamente, você primeiro precisará preparar os equipamentos necessários para que a sua receita seja feita adequadamente. Portanto, os equipamentos necessários são:

  • Um defumador
  • A madeira necessária para a defumação
  • Plástico filme
  • Papel toalhas de cozinha

Além disso, se certifique de que os equipamentos básicos para a manipulação dos ingredientes da receita estejam à sua disposição: facas, potes, tábuas e etc.

Agora, os ingrediente:

  • 1 peça umbigo de boi (beef plate), ou peito de boi (brisket)
  • 1 colher de chá sal de cura
  • 1/2 de cebola
  • Dentes de alho a gosto
  • de pimenta-preta/pimenta-do-reino
  • de sementes de coentro
  • de sementes de mostarda
  • de açúcar mascavo/moreno
  • de gengibre em pó

O modo de preparo é o próximo passo, agora que você sabe os equipamentos e os ingredientes necessários. 

Preparando seu pastrami

Como dito anteriormente, o modo de preparo é essencial para que você tenha em mãos um verdadeiro e delicioso pastrami. Portanto, fique atento a essas dicas, siga-as com cuidado.

  1. Para fazer a salmoura, utilize 1 colher de chá de sal e sal de cura – que é uma mistura de sal de cozinho e nitrito de sódio
  2. Adicione também meia cebola e dentes de alho a gosto
  3. Depois que o sal estiver completamente dissolvido, resfrie a salmoura rapidamente com gelo e água gelada
  4. Jogue a salmoura sobre a carne (mergulhe-a completamente) e cubra com filme plástico
  5. Deixe a carne curar por 10 dias, virando-a todos os dias
  6. Após os 10 dias lave a carne em água fria e seque-a com papel toalha
  7. Prepare o tempero para esfregar na carne: as  pimenta-do-reino e sementes de coentro moídas. Depois de moídas grosseiramente, adicione as sementes de mostarda, açúcar moreno e, por fim, gengibre em pó
  8. Massageie os dois lados da carne com a mistura
  9. Agora, é hora de defumar a carne. Coloque-a em seu forno com a temperatura ajustada para cerca de 110º G (precisamente a 107, se desejar) até que a temperatura interna da carne atinja 90º graus

E pronto, seguindo essas dicas você terá em mãos um delicioso pastrami. No entanto, é importante que você saiba que pode encontrar modos de preparo, assim como ingredientes e até equipamentos um pouco diferente dessa. 

Outras formas de fazer não estão erradas. Contudo, essa é uma das receitas mais tranquilas e simples de ser seguida que trás um resultado saboroso.

Receitas com Pastrami: espaguete ao ragú de pastrami

Ragu é um molho à base de carne cozida, tradicionalmente utilizado no acompanhamento de massas na culinária italiana. É também usado na culinária brasileira, principalmente paulista, de influência italiana.

Portanto, orna perfeitamente junto ao pastrami, o que torna esse prato delicioso e especial.

Seus ingredientes são:

  • 1 kg de tomate italiano
  • 150 g de cebola picada
  • 80 g de alho picado
  • 60 ml de azeite extravirgem
  • 400 g de pastrami artesanal
  • 1 colher (sopa) de pimenta do reino
  • 1 colher (sopa) de manjericão
  • 1 colher (sopa) de coentro em grão
  • 1 colher (sopa) de zimbro em grão
  • 3 folhinhas de louro
  • sal e água a gosto
  • tecido de algodão (com cerca de 10×10 cm) junto à barbante

Além disso, é muito importante que você já tenha o pastrami, como o feito com a receita anterior e, um espaguete simples já pronto para então seguir o modo de preparado a seguir.

Modo de Preparo

O modo de preparo é bem tranquilo, uma vez que o pastrame deve estar pronto nessa altura. Faça o seguinte:

Primeiro, lave os tomates e faça um corte em “x” em sua base. Em seguida, ponha os tomates em água fervente por cerca de 45 segundos até que a pele se desprenda. 

Tire os tomates da panela e os mergulhe em água gelada, logo após isso retire a pele que se soltou junto às sementes e os corte em cubinhos. Agora, em uma panela refogue a cebola e o alho no azeite.

O passo seguinte é adicionar os cubinhos de tomate à mistura da panela e refogar por mais três minutos. Após isso você deve acrescentar o manjericão picado, o louro e o pastrami, que deve estar cortado em cubinhos também. Cubra tudo com dois dedos de água.

Usando o tecido, faça uma trouxinha com a pimenta do reino, o zimbro e o coentro. Ao terminar, amarre-o com o barbante e coloque junto ao pastrami, dentro da panela. Diminua o fogo e deixe cozinhar adicionando água caso o líquido evapore rapidamente.

Agora, para terminar, espere uma hora e então verifique a maciez do pastrami. Caso não esteja bem macio, deixe cozinhar por alguns minutinhos a mais. Quando estiver no ponto, retire, adicione sal e sirva o ragu com um espaguete previamente feito.

Conclusão

Em resumo, o pastrami pode ser considerado uma iguaria de fácil acesso, contudo, com uma certa dificuldade de ser feito. Ele é delicioso, porém, demorado, mas vale totalmente a pena esperar, principalmente para fazer um saboroso macarrão com ragú de pastrami.