Como fazer fermento natural e como usar nas receitas?

Compartilhe essa receita

Para quem ama fazer uma receitinha nova, hoje vamos mostrar um preparo não tão comum, ensinar a você a como fazer fermento natural! Por isso não deixe de conferir essa matéria.

Anúncios

O fermento industrializado vendido em super mercados (fermento biológico) contem em sua composição a levedura sendo o mesmo item da produção da cerveja e de bebidas alcoólicas.

O resultado que esta levedura faz é liberação do gás carbônico e álcool, por sua vez o fermento caseiro (fermento natural) possui alguns micro-organismos vindos do ar e também da farinha, além de ser obtidos em frutas, plantas e grãos que se somam a um lactobacilo.

Esse resultado não é como quando se usa outra variação do fermento, de ter mais sabor. O tempo para a preparação pode durar por 10 dias para que fique realmente pronto, porém se o clima ficar mais quente ficará pronto em menos tempo.

como fazer fermento natural

Afinal, qual é a diferença do fermento biológico para o natural?

Em resumo, o biológico, diferentemente do natural, é um único micro-organismo que tem a Saccharomyces cerevisiae (levedura), passando pelo isolamento e cultivação em meios de produção industrializados, e a sua comercialização é feita em blocos ou seca mesmo; tendo uma característica de ser capaz de conter gases para conferir mais volume para os pães, por exemplo.

No caso do fermento natural, ele se compõe em variados micro-organismos, não só produzindo o gás carbônico, como também outros elementos interessantíssimos para fornecer a consistência, a cor, o sabor e o aroma.

Veja algumas regrinhas sobre como fazer fermento natural:

Jamais deixe de utilizar uma vasilha de vidro, colocando em descanso num local que não esteja a vibrar ou que tenho acesso de sol. Não se usa a água da torneira, por ter cloro, podendo eliminar todos os bichinhos.

Anúncios

Sendo assim, faça essa receita de fermento natural seguido 5 passos.

PASSO 1 SOBRE COMO FAZER O FERMENTO NATURAL

Ingredientes:

  • Farinha de trigo integral orgânica – 3 e 1/2 colheres
  • Suco de abacaxi orgânico com pouca água – 1/4 de xícara (sem peneirar)

Passe esses itens para dentro de um recipiente, misturando bem e cobrindo usando o papel plástico e, após deixe uns pequenos furos, botando em descanso durante 48 horas ou para que comece se formem bolhinhas de ar. Então vá mexendo no intervalo de 3 em 3 horas e mais uma vez cubra.

PASSO 2

Ingredientes:

  • Farinha de trigo integral orgânica – 3 e 1/2 colheres de sopa
  • Água – 2 colheres de sopa

Siga a misture e cobrir com um novo papel plástico, faça alguns furinhos e aguarde entre 24 e 36 horas até a nova fermentação.

PASSO 3

Ingredientes:

  • Água – 2 colheres de sopa  
  • Farinha de trigo integral orgânica – 7 colheres de sopa.

Misture tudo novamente e cobrir usando um novo papel plástico cheio de pequenos furos. Assim, o próximo passo ficará pronta no momento que a massa dobrar de volume, o pode demorar umas 36 horas. Por isso, três vezes ao dia mexa.

PASSO 4

Ingredientes:

  • Água – 2 colheres de sopa
  • Sopa de farinha de trigo integral orgânica – 10 e 1/2 colheres.

Remova da massa já feita cerca de ½  xícara, o restante poderá oferecer a outra pessoa para produzir seu fermento ou descarte.

Essa massa tende firmar mais, caso resseque muito acrescente água a mais (só um pouquinho). Então espere até ganhar mais volume, podendo durar em torno de 24 à 48 horas.

Fique ligado! Porque quando se elimina parte dessa massa é devido à redução da parte de micro-organismos é fundamental para que surja uma proliferação mais intensa. Contudo, para causar esta consequência podemos diminuir a família e aumentar o alimento.

PASSO 5

Ingredientes:

  • Farinha de trigo integral orgânica –  2 e 3/4 colheres de sopa
  • Água – 1 xícara

Mas uma volte a retirar a metade da massa e faça a adição dos itens listados, modelando como uma bola e deixe que possa ganhar mais tamanho.

Logo que a massa dobrar de volume quer dizer que a sua fermentação funcionou e o fermento natural para suas receitas variadas está prontíssimo.

Ainda sendo um processo demorado, o seu resultado é tão maravilhoso, que agora é preciso somente tirar o ar, e formar a bola e armazenar em um refrigerador.

Cultivar é o segredo de tudo

Esse fermento natural pode cultivar usando muito amor e muita paciência, alimentando-o por uma vez durante semana.

Assim apenas coloque as três partes de farinha de trigo integral orgânica, a três partes de água, depois faça uma boa mistura disso tudo, e basta aguarda que seque e retorne a sua geladeira.

Algumas questões frequentes sobre como fazer o fermento natural

Qual a quantidade de fermento deve se utilizar em preparos de pães?

É necessário para isso retirar o fermento da sua geladeira, separando fermento (2 colheres de sopa) que está em outra vasilha, incorporando farinha (5 colheres de sopa) e acrescente a água para que vire uma consistência como a de um purê mais cremoso.

Logo após, deixe que cresça algo que vai ajudar no aumento da ação do fermento, nunca se esquecendo de que alimente a parte que retirou do fermento, o que você sempre vai ter.

Como fazer a alimentação do fermento natural?

Primeiramente tire uma parte da massa que já fermentou e faça seu descarte ou use nos preparos.

Logo após que isso for feito, siga a mesma ordem desse processo mais uma até o fermento crescer e entre com mais 50% de farinha e 60% de água no o resto, podendo deixar que fermente mais uma vez.

Se atente crescimento dentro da vasilha e utilize-a para que mantenha o fermento só ocupando 1/3 dela, porque esse fermento aumentará e pode ser que transborde.

Assim que pronto, bolhinhas e um aroma mais delicado devem ter nesse fermento, indicando que ele se ativou. Aliás, se o cheiro não for agradável, é recomendado o descarte e recomeçar os preparos lá do inicio.

A acidez é uma coisa a se controlar e se escolher baseando em como aplicará o fermento. a exemplo de pães italianos, tendo mais acidez. Este controle da acidez pede somente a atenção do tempo para crescer, quanto mais o intervalo dentre uma refeição e outra, a acidez do fermento aumentará.

Tudo Isso que viu foi praticamente uma aula sobre de como fazer fermento natural e como usar nas receitas, pois agora teste toda sua capacidade de prepara-lo!

Entre para nossa lista VIP
receba atualizações e dicas diárias
Veja mais!
Quer aprender a cozinhar como um profissional?
vamos enviar notificações por email
cozinheiro